Mais uma voltinha na “menstruanha” russa?

ou a vida em forma de looping.

Imagina-te a tomar o pequeno almoço enquanto lês o jornal. Passas os olhos pela página do horóscopo e percebes que aquele quadradinho com o símbolo do teu signo te diz que hoje vais ter um dia fantástico.

Com um sorriso no rosto, diriges-te para o carro para ir trabalhar e, em vão, tentas pôr o motor a funcionar. “Bolas! É a bateria outra vez….”. Sais do carro e resolves ir a pé para o emprego. Do nada, cai uma chuva torrencial e, em 5 minutos, ficas encharcada até aos ossos. Quando finalmente pisas a soleira da porta do escritório, tens que ouvir uma reprimenda do teu chefe… No meio disto tudo onde pára o “dia fantástico”?

Ou então: imagina que, em vez do prognóstico de um dia bom, tu lês algo como “cuidado, pois o dia de hoje vai ser sobrevoado por uma nuvem negra”. Sais de casa, cautelosa. Nas escadas encontras aquele vizinho giro que… te pisca o olho. De pé atrás, resolves não devolver o sorriso pois “Sabe-se lá… deve ser uma artimanha qualquer”.

Chegas ao escritório num instante “Ui… que estranho… não havia trânsito.” e recebes a notícia de que o projecto no qual estavas a trabalhar nos últimos meses foi aprovado. Com uma expressão de receio, ficas à espera de ouvir o lado negro da notícia, perante o olhar atónito dos teus colegas de equipa.

Certamente que concordas comigo que, acreditando ou não nas previsões dos horóscopos dos jornais, não podemos viver em função dos seus ditames. Com as “previsões hormonais” passa-se o mesmo – não vais atacar um pacote de pipocas só porque é esperado que tenhas uma necessidade louca de hidratos de carbono na fase lútea, pois não?

Hoje em dia há imensa informação sobre os efeitos das alterações hormonais ao longo do ciclo menstrual. Mas, lá está, é importante sabermos interpretar o que lemos e não “bebermos” o seu conteúdo como uma verdade inabalável.

Há uns meses instalei uma app para o telemóvel, que era uma espécie de horóscopo, mas do ciclo menstrual. Uma vez por semana recebia notificações sobre o que seria expectável eu estar a sentir em cada fase do ciclo. Socorro! Desinstalei-a passado pouco tempo, porque isto do big brother menstrual não é para mim…

Agora vais perguntar-me se as diferentes alterações hormonais não têm um reflexo mais ou menos previsível ao longo do ciclo.

A minha resposta é sim. No entanto, para além das hormonas, imensos existem outros factores, com um peso menor ou maior, que condicionam os teus níveis emocionais e de energia.

Num próximo post, irei falar aos efeitos que as hormonas segregadas nas diferentes fases do ciclo, poderão reflectir-se em nós.

Mas lembra-te: poderão não é o mesmo que deverão 😉

Share on facebook
Partilha no Facebook
Share on twitter
Partilha no Twitter
Share on linkedin
Partilha no LinkedIn
Share on whatsapp
Partilha no WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.