Óleo de prímula ou onagra

Os benefícios e os cuidados a ter com a utilização do óleo de onagra ou óleo de prímula.

Óleo de prímula: conhece os benefícios e os cuidados a ter com este suplemento.

Óleo de prímula, onagra ou Evening Primrose Oil. Decerto já ouviste falar maravilhas deste suplemento alimentar. Se perderes uns minutos na internet, chegas facilmente à conclusão que este é uma espécie de “óleo de côco” – dá para tudo e mais alguma coisa: pele, redução de inflamação e dores das articulações e, inclusive, desiquilíbrios hormonais.

O que é o óleo de prímula?

Este óleo é extraído das sementes da planta Oenothera Biennis, originária da América do Norte.

É um óleo muito rico em ácidos gordos essenciais (ómega 6) é em ácido linoleico (LA) e ácido gama linoleico (GLA).

De que forma pode ser um aliado da tua fertilidade?

Confesso que não encontrei informação consistente que comprove os benefícios deste óleo na regulação hormonal, nomeadamente na menopausa ou mesmo na tensão pré-menstrual, conforme é amplamente divulgado.

No entanto, é um facto que diversas mulheres sentem um aumento da qualidade e quantidade do muco cervical quando estão sob a toma regular do óleo de prímula – o que são boas notícias.

Mas nem tudo são rosas!

Os ácidos LA e GLA são essenciais para o nosso organismo poder produzir prostaglandinas. Estes mensageiros “primos das hormonas” têm um impacto directo no útero e poderão ser responsáveis por ligeiras contrações uterinas, o que, numa primeira fase de gravidez, pode desencadear um aborto espontâneo.

Assim, se estiveres a planear uma gravidez e quiseres melhorar a qualidade e qualidade do teu muco cervical recorrendo a este óleo, tem em atenção que deverás interromper sua toma logo após a ovulação. Podes substitui-lo por sementes de linhaça moídas na hora, que são também uma excelente fonte de ácidos gordos essenciais.

A informação que consta no presente artigo do blog, é destinada apenas para fins educacionais e nunca substitui o diagnóstico médico.

Share on facebook
Partilha no Facebook
Share on twitter
Partilha no Twitter
Share on linkedin
Partilha no LinkedIn
Share on whatsapp
Partilha no WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.